sábado, 27 de janeiro de 2018



CARNAVAL 2018 | DANÇAS, COMÉDIAS E BAILINHOS
"OS GRUPOS E SEUS ASSUNTOS"
1 - Monólogo da Ribeirinha (Donato Parreira) - Falar do Sismo de 01 de Janeiro de 1980
2 - Amigos do Grupo de Teatro da Ribeirinha - Gente da Nossa História
3 - Bailinho da Casa do Povo da Ribeirinha - Seja o que Deus Quiser
4 - Grupo "Os Viciados do Carnaval" - Batalhão em Ação
5 - Bailinho "Os Ribeirenses" - O Amor é uma Cegueira
6 - Bailinho da Juventude de São Sebastião - A Burra do Amadeu
7 - Bailinho da Filarmónica União Sebastienense - Grupo Folclórico às 3 Pancadas
8 - Dança de Pandeiro da Casa do Povo dos Altares - Fábrica de Ideias
9 - Bailinho dos Rapazes das Doze Ribeiras - O Giadi e Odor
10 - Bailinho da Sociedade Filarmónica das Doze Ribeiras - Amor ao Longe
11 - Grupo de Amigos á Nossa Maneira - Das Duas Uma;
12 - Grupo Malta da Serreta - Eficazes e Discretos
13 - Bailinho da Casa do Pessoal do Hospital da Terceira - História de Faca e Alguidar
14 - Bailinho dos Colaboradores da Casa de Saúde do Espírito Santo - A Mentira tem Perna Curta
15 - Comédia do Graxinha e Veteranos de São Bento - 3 Amigos e um Rabo de Saia
16 - Dança de Pandeiro dos Rapazes de São Bartolomeu - Há Bolo pra Toda a Gente;
17 - Bailinho do Grupo de Amigos do Carnaval - A Barraca está Armada;
18 - Bailinho dos Pequenos do Porto Judeu - Tentações e Confusões;
19 - Comédia do Grupo de Amigos do Porto Judeu - Os Marmitas
20 - Bailinho da Associação Cultural do Porto Judeu - Pharma Vila;
21 - Bailinho das Mulheres do Porto Judeu - Enfermeira Brás, Boa em tudo o que Faz;
22 - Dança de Espada da Casa do Povo do Porto Judeu - A outra face da vida;
23 - Comédia do Palhito - As minhas Duas Filhas querem namorar em dia do Carnaval;
24 - Bailinho da Terra Chã - Elas Não Querem Ser Elas;
25 - Bailinho da Casa do Povo da Terra Chã - As Peripécias da Vida;
26 - Bailinho da Sociedade da Terra Chã - Free 64;
27 - Bailinho dos Rapazes de Sta.Bárbara - Os SuperHeróis
28 - Bailinho da Juventude de Sta.Bárbara - Concerto do Meu Filho
29 - Bailinho do Grupo de Amigos com Style - Nem Tudo o Que Parece É
30 - Dança de Pandeiro do Posto Santo - Um Voo Amalucado
31 - Bailinho do Posto Santo - Vasco da Gama em Apuros
32 - Bailinho das Raparigas das Lajes - Múmias Empreendedoras e Agora
33 - Dança de Espada das Lajes - O Amor da Minha Vida;
34 - Bailinho da Junta de Freguesia da Vila Nova - O Quinto Touro na Casa do Rui Nogueira;
35 - Bailinho do Grupo Desportivo e Recreativo da Agualva - A Fronteira dos 50
36 - Bailinho dos Rapazes da Agualva - Os Deuses devem estar Loucos;
37 - Bailinho do Grupo do Cabo da Praia - O Génio da Lâmpada;
38 - Dança de Pandeiro do Centro Cutural e Recreativo do Cantinho - Devagar se Vai ao Longe;
39 - Bailinho dos Rapazes de São Mateus e Terra Chã - Velhos Sem Juízo;
40 - Comédia da Vila Nova - Gente Nossa;
41 - Grupo de Carnaval Fontes Vivas (Fontinhas) - Os Sarilhos da Velhice
42 - Bailinho do Grupo " O Baile D'Elas" - Agora a Música é Outra;
43 - Dança de Pandeiro das Raparigas da Praia - Não Querer nem Deixar Querer;
44 - Bailinho das Mota - Homenagem ao Cinema Português;
45 - Bailinho dos Amigos do Carnaval de São Brás - O Diabo em Cuecas
46 - Bailinho dos 5 + 3 - Vira do Disco e Toca o Mesmo
47 - Bailinho dos Rapazes da Praia - O Rei Leão
48 - Bailinho Apanhados Plo Carnaval - O Drone da Vizinha
49 - Bailinho do Grupo de Amigos do Carnaval - Os Planos do Evaristo
50 - Bailinho do Ramo Grande - Os Fugitivos: 10 Anos a Fugir da Cadeia
51 - Bailinho de Sta.Cruz - Os Inseparáveis
52 - Bailinho dos Rapazes da Vila das Lajes - A Santinha Desaparecida
53 - Dança de Pandeiro do António Ivo das Lajes - À Meia Noite e Meia
54 - Bailinho da Casa do Povo de São Brás - Vamos Estudar Pra Fora
55 - Amigos de São Brás - O Combate do Ano
56 - Bailinho do Grupo de Amigos Akiperto - A Gente vai Akiparto
57 - Bailinho dos Amigos do Carnaval das Fontinhas - As Vizinhas do Costume
58 - Bailinho do Ti Venâncio das Fontinhas - Uma Escola de Malucos
59 - Dança de Pandeiro do Grupo de Jovens das Fontinhas - Quem Espera Desespera
60 - Bailinho do Tio Alcino - O Chegar à 3ª Idade
61 - Bailinho do Porto Martins - Enfia
62 - Bailinho das Mulheres do Juncal - Quem não vê Não Acredita
63 - Bailinho do Grupo de Amigos do Carnaval dos Biscoitos - O Circo da Nossa Vida
64 - Dança de Pandeiro da Escola BI dos Biscoitos - Um OVNI na Terceira
65 - Bailinho de Sta Luzia da Praia da Vitória - Uma Noite Atribulada
Total: 65 Danças, Bailinhos e Comédias
Informação: DI/João Costa (Foto Iris)

A companhia aérea Ryanair anunciou esta quinta-feira que vai contemplar uma rota direta entre Manchester e Ponta Delgada, de junho a setembro.

Ponta Delgada faz assim parte de um pacote de dez cidades - nas quais se incluem Agadir, Almeria, Barcelona, Belfast, Cagliari, Palermo, Porto, Rhodes e Veneza - que integram o plano de rotas da Ryanair para a cidade inglesa de Manchester, neste verão.

Conforme se lê no anúncio da transportadora aérea, a decisão abre espaço a que a companhia passe a colocar, já a partir de amanhã, mais 300 mil lugares à disposição dos seus clientes, no conjunto total das suas rotas.

Fonte: Ryanair

Os locais e datas da décima edição da Red Bull Cliff Diving World Series já foram divulgados e, como tal, é já possível confirmar-se que o ilhéu de Vila Franca do Campo será novamente palco da competição, a 14 de julho.

O 'Anel da Princesa' faz assim parte de um conjunto de sete locais e etapas onde a prova de saltos de grande altura mais conceituada do mundo irá decorrer; Texas, Bilbao, Sisikon, Copenhaga, Mostar e Polignano a Mare são as outras cidades contempladas no circuito e anunciadas pela própria entidade.

O colombiano Orlando Duque e a mexicana Adriana Jiménez, recorde-se, conquistaram a segunda etapa do circuito mundial, que se realizou o ano passado em Vila Franca do Campo. 

Fonte: Red Bull

O primeiro A321neo da Azores Airlines realizou este sábado o seu primeiro voo, S4125, entre Lisboa e Ponta Delgada.

A aeronave que traz consigo a mensagem “Breathe” (inspira, em português) realiza este domingo quatro voos entre Ponta Delgada e Lisboa (S4320, S4221, S4126 e S4129).

Este é o o primeiro avião Airbus A321neo do Grupo SATA, de um total de quatro aparelhos que substituirão, até 2021, os A310 da Azores Airlines, empresa da SATA que assegura as ligações aéreas para fora dos Açores.

Recorde-se que esta aeronave, que chegou a Portugal há mais de um mês, só recentemente viu concluída pela ANAC a sua certificação.

Ainda esta semana se ficou a saber que o o segundo Airbus A321neo da Azores Airlines, que deverá chegar a Portugal em março apresenta a mensagem “Wonder - That’s the feeling when you visit Azores” (Maravilha - É o sentimento quando visita os Açores, em português). 


Os A321neo destinam-se à operação de longo curso da SATA, sobretudo no que respeita aos seus voos para os EUA e Canadá, podendo igualmente ser utilizados nas rotas para o Continente português, Madeira, Cabo Verde e Canárias.

Fonte: Sata


O Comando Regional da PSP dos Açores, através da Esquadra de Investigação Criminal de Ponta Delgada, anunciou a detenção em reputação de flagrante delito, de um individuo do sexo masculino de 16 anos de idade, suspeito da autoria de um crime de roubo, na forma tentada, no pretérito dia 22 de janeiro de 2018, ao final da tarde.

Este crime foi praticado a um casal de turistas estrangeiros, que depois do crime ser praticado e de terem oferecido alguma resistência, acabaram por se ausentar do local do delito. Apesar de não terem sido identificadas as vítimas, foi possível proceder à detenção do individuo graças à excelente colaboração dos cidadãos que visualizaram este delito e, testemunharam sobre as circunstâncias deste crime.

O suspeito entretanto já foi sujeito a 1.º interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida coação de apresentações periódicas e sujeição obrigatória a tratamento – toxicodependência.

A investigação ao crime referido prosseguirá a cargo da Esquadra de Investigação Criminal de Ponta Delgada.

As diligências realizadas por esta Esquadra contribuíram assim para a sustentação do sentimento de segurança dos cidadãos e turistas, em particular do centro histórico da cidade de Ponta Delgada, reforçando a confiança dos mesmos no desempenho da PSP.

Fonte: PSP

A secretária regional dos Transportes e Obras Públicas anunciou hoje, em Ponta Delgada, que a Região vai avançar, de imediato, para a construção de um novo navio destinado a substituir o ‘Mestre Simão’.

“A Administração da Atlânticoline, com a concordância do Governo dos Açores, optou por promover, de imediato, a construção de uma nova embarcação, similar àquela que agora foi dada como perdida”, revelou Ana Cunha, numa conferência de imprensa conjunta com o Presidente do Conselho de Administração da Atlânticoline, Carlos Faias.

A titular da pasta dos Transportes sublinhou que “ninguém esperava este infortúnio, naturalmente”, assegurando que “tudo está a ser feito para devolver ao ‘Triângulo’, tão rápido quanto possível, a normalidade do transporte marítimo de passageiros e viaturas”.

“Contamos com a compreensão de todos os que utilizam este serviço, pois fica a certeza, e deixo-vos a certeza, que tudo está a ser feito para que volte a ser, o mais rapidamente possível, como era antes”, acrescentou.

A Secretária Regional lembrou que o Governo dos Açores tem estado ao lado da Atlânticoline “desde o início, e está ao corrente de todos os desenvolvimentos”.

Ana Cunha quis também “enaltecer, novamente, a coragem, a abnegação e o profissionalismo, não só do mestre do navio, bem como de toda a sua tripulação, na evacuação dos 61 passageiros que seguiam a bordo do ‘Mestre Simão’, na manhã do dia 6 de janeiro”.

“Para o Governo dos Açores, seja qual for o cenário, em primeiro lugar, e acima de tudo, está a salvaguarda das vidas humanas que estiveram envolvidas neste acidente e, portanto, nunca será demais mencionar e enaltecer a forma como decorreu todo o processo de evacuação dos passageiros. A todos eles, e a todas as entidades envolvidas, mais uma vez, o nosso obrigado”, frisou.

A Secretária Regional salientou que, nas últimas semanas, “as autoridades, os peritos e as várias entidades técnicas têm estado a desenvolver o seu trabalho, com vista à retirada do combustível, outros poluentes e até materiais que estavam a bordo do navio ‘Mestre Simão’, de forma a evitar qualquer foco de poluição passível de causar danos na zona do Porto da Madalena, na zona envolvente, ou seja, na zona onde o ‘Mestre Simão’ encalhou”.

A par disso, foi também desenvolvida por essas entidades, nomeadamente pelas seguradoras, um trabalho de avaliação do estado do navio, e uma ponderação dos passos seguintes, sendo que “nessa avaliação, as seguradoras concluíram que não é viável recuperar o ‘Mestre Simão’, tendo-o dado como perdido”.

Fonte: Atlanticoline


O Governo Regional dos Açores vai lançar em fevereiro um concurso para reabilitar as primeiras 138 das cerca de 400 casas na ilha Terceira ocupadas no passado por militares norte-americanos, disse à Lusa fonte do executivo da região.

De acordo com a mesma fonte, o concurso de fevereiro servirá também para “reabilitar e adaptar à nova função” o complexo escolar de cerca de 4.500 metros quadrados existente na Terceira e que ligado os bairros da Beira-Mar e Nascer do Sol, adjacentes ao complexo.

O executivo regional pretende, por via do projeto “Terceira Tech Island”, desenvolver um parque empresarial na área do desenvolvimento tecnológico e programação, “atraindo e instalando empresas” na Terceira, indicou a fonte do Governo.

Um dos “elementos de atração das empresas” será precisamente a existência de habitações para os trabalhadores: “A atração da zona assenta em haver habitações para os quadros que vêm de fora”, referiu a mesma fonte.

Em 18 de janeiro, no parlamento açoriano, o presidente do Governo Regional indicou, num debate sobre a base das Lajes, que já estava resolvido o impasse em torno da utilização de cerca de 400 casas abandonadas pelos norte-americanos na ilha Terceira, entretanto cedidas à região.

“O Governo da República respondeu já à carta que o Governo Regional havia enviado, a propósito da cedência das habitações na ilha Terceira. E é com muito gosto e com muito orgulho que vos transmito que a resposta foi positiva”, adiantou Vasco Cordeiro.

No final de novembro, Vasco Cordeiro leu aos deputados açorianos a missiva que endereçou ao primeiro-ministro, António Costa, e onde abordava a questão: “O fim a que pretendemos afetar esses imóveis é, para além de habitações, no caso dos bairros, o de apoio a alguns projetos de investimento que visam a dinamização económica da ilha”, dizia o texto.
Fonte: GOV
"E se a Supernnany fosse feita nos Açores?" é um dos mais recentes vídeos do humorista Helfimed, conhecido por 'adaptar' filmes e séries com sotaque açoriano. Veja, é de rir! 




quarta-feira, 3 de janeiro de 2018




Um sismo de magnitude 4,4 na escala de Richter foi registado esta segunda-feira de manhã na Crista Média Atlântica a sudoeste dos Açores, sem ser sentido no arquipélago, informou o Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA).

Segundo a página na internet do CIVISA, o sismo foi registado às 8:24 locais (mais uma hora em Lisboa) na Crista Média Atlântica, uma estrutura geológica que atravessa o arquipélago dos Açores entre as ilhas do grupo ocidental (Flores e Corvo) e central (Terceira, Pico, São Jorge, Graciosa e Faial).

Teresa Ferreira, do CIVISA, explicou à agência Lusa que “é normal” este tipo de eventos na Crista Média Atlântica, porque é “uma estrutura sismicamente ativa”.


"Na região dos Açores a Crista Média Atlântica corresponde à fronteira de placas entre a placa norte americana e as placas euroasiática e africana", acrescentou.

Fonte: TVI

Os trabalhadores sindicalizados da operadora marítima Atlânticoline entregaram um pré-aviso de greve que entrará em vigor a 4 de janeiro e permanecerá até dia 18, revelou a empresa esta sexta-feira. 

A Atlânticoline diz ter sido notificada pelo sindicato do pré-aviso de greve e declara já lamentar "o transtorno que esta situação possa causar a todos os seus clientes e passageiros".

Uma determinação do Tribunal Arbitral estipulou os serviços mínimos diários "para a satisfação de necessidades sociais impreteríveis de mobilidade, nomeadamente para efeitos laborais, de saúde e escolares/académicos", frisa a Atlânticoline.

Os serviços mínimos incorporam duas viagens por dia entre a Horta e Madalena (07:30 e 17:15), igual número de viagens em sentido inverso (nos horários 08:15 e 18:00), e uma outra viagem entre a Horta e Madalena às 09:00, seguida de uma entre Madalena e Velas às 09:40, havendo depois um trajeto Velas-Madalena às 11:20 e Madalena Horta às 12:55.

"Não sendo possível antecipadamente assegurar que as restantes viagens programadas irão ser realizadas, a Atlânticoline informa que os portadores de bilhetes fora das viagens afetas aos serviços mínimos poderão pedir a alteração das respetivas datas/horários, ou, em alternativa, pedir o reembolso integral do bilhete", é dito pela operadora.

A paragem deve-se à falta de um acordo para a revisão do acordo de empresa.

A Atlânticoline é a empresa pública de transporte marítimo de passageiros e viaturas nas ilhas dos Açores.

Fonte: Açoriano Oriental
Mensagens antigas Página inicial