terça-feira, 3 de outubro de 2017

A Junta de Freguesia da Vila das Lajes lamentou hoje que o Governo Regional não tenha autorizado o gozo de tolerância de ponto na terça feira das Festas de Nossa Senhora do Rosário, depois de obtida a concordância da Comissão de Política Geral da Assembleia Legislativa Regional.




Segundo César Toste, autarca do PSD, reeleito este domingo, o pedido foi feito no dia 18 do mês passado, "e só ontem à tarde foi recebido um fax, remetido pelo gabinete do presidente do governo regional, a dizer que o pedido formulado estava fora do âmbito das situações previstas para uma tolerância de ponto da Administração Pública", cita.

O social democrata lembra que o pedido em causa teve origem numa petição pública, "analisada pela referida comissão parlamentar em abril passado, que nela encontrou os fatores históricos que justificam a atribuição da tolerância na popular terça feira das Lajes, que é feriado municipal na Praia da Vitória desde 1975, e que tem lugar amanhã". explica.

"Trata-se de uma das mais antigas festas de verão da Ilha Terceira, sendo inclusivamente aquela que fecha o calendário tradicional, e em que a popularidade e a abrangência dos festejos da terça feira – em que se realiza um bodo de leite com participação de toda a ilha e da nossa diáspora -, é hoje igualmente um forte cartaz turístico", diz o também deputado regional do PSD.

César Toste lamenta profundamente o envio tardio da resposta do Governo Regional, "na véspera da data para que foi pedida a tolerância de ponto", ainda mais quando "houve eleições autárquicas há apenas um dia, e fomos reconduzidos na gestão da junta de freguesia das Lajes por larga maioria", refere o autarca, sem fazer "leituras políticas de um facto que devia apenas ter em conta o impacto social e económico daquele que é um dos dias mais festivos da Ilha Terceira", conclui.

Fonte: Jornal 9 Açores